Resenhas

Strange World

Strange & the Familiars

9.0

O projeto Strange & the Familiars compartilha o álbum de estreia, intitulado 'Strange World'. Idealizado pela artista Stephanie Strange, o projeto é muito místico e traz músicas suaves inspiradas em Emilie Autumn - mas que também lembram artistas como Bjork e um pouco de Lana Del Rey. Strange & the Familiars mostra que a música não tem limites e não é definida por gênero, utilizando de todos os recursos possíveis para criar este projeto bonito e curioso.

‘Strange World’ é um álbum que vai além da música para uma narrativa teatral, narrativa e visuais onde diferentes formas de arte se entrelaçam em um mundo ficcional paralelo a nós. Stephanie Strange convida você a ver o mundo através de uma lente melancólica de maravilha, onde ela o leva em uma viagem, viajando entre paisagens, como ela mesmo explica: “Superficialmente, tudo é o que parece ser, mas quando você olha mais de perto, você verá que o estranho e incomum estão se formando, pessoas que às vezes veem o mundo como ele realmente é, unidas por forças invisíveis”.

“Comecei a criar o Strange World como uma forma de lidar com o mundo em mudança. Continuei sentindo que estava sem tempo e sem lugar em um mundo enlouquecido e que não havia espaço para mim. Acho que isso pode deixar as pessoas confusas. The Strange World é um lugar que as pessoas podem visitar para ajudá-las a entender que não estão sozinhas nisso”, disse Stephanie Strange.

Stephanie Strange compartilha suas mensagens com o público de Portland/EUA há mais de treze anos e foi destaque na Vortex Magazine, Eleven Magazine, Voyage LA. Com uma narrativa intrigante ‘Strange World’ irá atrair você instantaneamente, com sua perspectiva refrescante e sensível. A música é sua espada que penetra as mentiras e feiúras do mundo, enquanto você viaja hipnotizado pela doce voz de Stephanie .

 

Formação:

Stephanie Strange (Maestrina, Vocal)
Mark Bowden (guitarra)
Owen Hofmann-Smith (violoncello)
Tim Karplus (bateria)

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Headbangers News e é de responsabilidade de seu autor.