Resenhas

Gods Of Violence

Kreator

9.0

Lançado no início do ano, o 14º álbum da carreira do Kreator é digno de todo o legado de uma das principais bandas de thrash metal do mundo.

Este trabalho deve ser ouvido com muita atenção, pois as letras são ótimas. Abrindo um diálogo contra a tirania, o totalitarismo, e a intolerância, assuntos que infelizmente ainda precisam ser debatidos no Século XXI, o grupo consegue atingir um degrau a mais no panteão das bandas relevantes e engajadas politicamente.
Quanto às composições, ‘Gods of Violence’ não decepciona, talvez atingindo o ápice da sonoridade de sua discografia. Pontes, riffs e transições muito bem estruturadas marcam todas as músicas. Meu destaque é “Satan is Real”, uma das melhores de todo álbum, seguida da faixa-título “Gods of Violence” e “Totalitarian Terror”. Além disso, há uma homenagem emotiva aos companheiros astros do rock já falecidos em “Fallen Brother”.
Os alemães do Kreator demonstram que apesar de tantos anos na ativa, ainda conseguem inovar e fazer com que sua música soe com ares de modernidade.

Faixas:
01 – Apocalypticon
02 – World War Now
03 – Satan Is Real
04 – Totalitarian Terror
05 – Gods Of Violence
06 – Army Of Storms
07 – Hail To The Hordes
08 – Lion With Eagle Wings
09 – Fallen Brother
10 – Side By Side
11 – Death Becomes My Light