Notícias

Eyehategod é a primeira atração confirmada do Abraxas Fest

Pioneiros do heavy metal tocam em outubro pela primeira vez no Brasil no Abraxas Fest

Divulgação


Pioneiros do heavy metal tocam em outubro pela primeira vez no Brasil no Abraxas Fest

A banda norte-americana Eyehategod, que moldou o gênero sludge/doom metal no final da década de 1980, é a primeira atração confirmada do festival que celebra os cinco agitados e produtivos anos da produtora e selo musical Abraxas. Serão duas edições: dia 13 de outubro em São Paulo (Fabrique Club) e dia 14 de outubro no Rio de Janeiro (Cais da Imperatriz). Mais atrações, inclusive outra banda internacional, serão anunciadas nas próximas semanas, assim como a turnê completa do Eyehategod pela América do Sul, também organizada pela Abraxas, em parceria com a nova produtora irmã Obscur.

Eyehategod é nome de respeito e influente, cuja trajetória ao longo destes 30 anos foi intimamente relacionada a outras bandas icônicas do heavy metal norte-americano, como Pantera, Down, Superjoint Ritual e Corrosion of Conformity. Criada em Nova Orleans, o grupo se mantém um dos pilares sólidos da música pesada com a sua imbatível sonoridade suja, densa, arrastada e agressiva.

Os revolucionários riffs lamacentos do Eyehategod estão sempre à cabo do guitarrista fundador Jimmy Bower, também a mente criativa e a força das não menos descomunais Superjoint Ritual, Down, The Mystic Krewe of Clearlight, dentre outros projetos. Completam a banda o vocalista Mike Williams, o outro guitarrista Brian Patton (também do Soilent Green), Gary Mader (baixo) e Aaron Hill (baterista, que entrou em 2013 no lugar do falecido membro original Joe LaCaze).

 

Se nos clássicos dois primeiros álbuns – ‘In the Name of the Suffering’ e ‘Take as Needed for Pain’ – o Eyehategod experimentou e criou de vez um estilo único, sendo hoje uma das bandas mais influenciadoras do sludge, o quinteto conseguiu se reinventar em 2014 – após 14 anos sem lançar um álbum de estúdio – com o raivoso homônimo, com incursão até mesmo de hardcore, produzido por Phil Anselmo.

Às vezes polêmico por causa das letras descomunais e provocadoras, o Eyehategod também já enfrentou problemas na formação para se manter na estrada. Num curto período em que seguiu em frente sem Mike, que se deslocou da banda por problemas pessoais, experimentou três renomados vocalistas, amigos pessoais da banda: Seth Putman (Anal Cunt), Randy Blythe (Lamb of God) e ninguém menos que Phil Anselmo (Pantera, Down, Superjoint Ritual).

Assim como em dezembro do ano passado a Abraxas fez história ao trazer os não menos lendários Neurosis pela primeira vez ao Brasil, num colossal e lotado show em São Paulo, o Eyehategod chegará em outubro para mais um marco na agenda de shows do país, com a promessa de exortar clássicos absolutos do sludge/doom, como “New Orleans Is the New Vietnam”, “30$ Bag” e “Take as Needed for Pain”.

Festival celebra os cinco anos da produtora e selo musical Abraxas

Victor Bezerra​


Festival celebra os cinco anos da produtora e selo musical Abraxas